Baixe o Estudo Completo

Publicado em 14/06/2021

Gerente de mídia do grupo, Denis Onishi faz análise do setor e antecipa estratégias da montadora

Criar maior conexão com clientes e acelerar processos de digitalização foram as principais medidas adotadas pela Stellantis para enfrentar as dificuldades de mercado geradas pela pandemia. Para Denis Onishi, Gerente Sênior de Mídia do mais novo conglomerado automotivo, outra iniciativa importante foi criar maior conexão com fornecedores a fim de superar a crise de abastecimento de componentes semicondutores.

O executivo com mais de 20 anos de carreira, sendo 17 na indústria automotiva, foi o convidado para o episódio de estreia do MotorTalks, espaço idealizado pela Webmotors para debater ideias sobre o mercado automotivo.

Onishi celebrou o fato de que cinco dos dez carros mais emplacados do País em 2021 sejam da Stellantis, sendo que a campeã de vendas é a Fiat Strada. Mas ele acredita ainda que há espaço para resultados ainda melhores. “Acreditamos que o mercado pode crescer mais do que 13% (índice relativo ao acumulado até abril). Não existe problema de demanda. Existe uma limitação de oferta devido à escassez de componentes. A indústria não está conseguindo entregar os carros que os clientes querem comprar”, argumentou.

O profissional da área de mídia abriu o jogo ainda sobre a estratégia do grupo para levar o sucesso das marcas que compunham a FCA, Fiat e Jeep, para as empresas da PSA, Peugeot e Citroën. “O que já está em curso é o aumento e estímulo da rede de concessionárias. Também trabalhamos em uma operação mais digitalizada, seguindo a fórmula das marcas FCA”, indicou. Onishi adiantou que mais investimentos em publicidade devem ser feitos para aumentar a exposição das marcas francesas.

Outra iniciativa antecipada na entrevista foi o lançamento de três modelos eletrificados no Brasil ainda neste ano. São eles as versões elétricas dos compactos Fiat 500 e Peugeot 208, além de um SUV híbrido da Jeep.

MOBILIDADE URBANA

Além da venda de novos produtos, a Stellantis também está trabalhando em outras iniciativas de mobilidade que compõem o conceito e-Mobility. Uma delas, em parceria com a Estapar, é a criação de 200 vagas de estacionamento com dispositivos para o carregamento de modelos eletrificados.

Também está em desenvolvimento o Urban Futurability, projeto desenvolvido junto à Enel, que abrange 40 iniciativas de digitalização e inteligência artificial para gestão da rede de energia no conceito de cidades inteligentes.

Ainda falando sobre soluções de mobilidade, Onishi destacou o serviço de assinatura de carros Flua!, que atualmente oferece planos para modelos Fiat e Jeep. “É um projeto que foi lançado em janeiro em apenas duas cidades e que hoje já abrange 13 capitais. Há planos a partir de R$ 1.099 por mês com foco no consumidor que quer ter liberdade para escolher a melhor forma de acesso ao carro novo”, detalhou.

Outra solução recente da Stellantis tem a ver com a conectividade do usuário. Já é possível fazer compras nos últimos lançamentos da montadora por meio da central multimídia. “Ainda falando em um mundo ainda em plena pandemia, onde há risco de contágio pelo contato, você poder pagar a comida em um drive-thru ou pagar o posto de combustível sem ter que abaixar o vidro e entregar o seu cartão. Além de conveniente, é seguro”, explicou o executivo sobre o Cart, produto de marketplace que está presente nas versões renovadas de Toro, Compass e Renegade, e será ampliado a outros modelos.


Assine a
newsletter

Receba gratuitamente em seu e-mail tendências, pesquisas e artigos sobre mercado automotivo e marketing.